Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica

12/01/2018 0
DPOC.jpg

Muitos pacientes chegam aos consultórios médicos queixando-se de um ou mais sintomas como de falta de ar (dispnéia), tosse constante, principalmente de manhã e expectoração (eliminação de catarro), chiado no peito (sibilos), lábios e / ou mãos azulados (cianose), infecções pulmonares frequentes. E após serem avaliados são diagnosticados com Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica.

Mas afinal o que é isto? O DPOC é caracterizado pela obstrução ou limitação crônica do fluxo aéreo no pulmão, ou seja, ocorre um bloqueio do ar e a respiração fica difícil.

DPOC

Esta doença de progressão lenta e irreversível é a quarta causa de morte no mundo. Porém não acomete apenas os pulmões, pois pode gerar problemas em todo corpo, inclusive musculares. Limitando os pacientes a realizar atividades simples do cotidiano, como andar, subir escadas, praticar atividade física, entre outros, em casos mais graves, a pessoa precisa de auxílio até mesmo para rolar na cama. Muitos deles, encontram-se com perda importante de peso, necessitando realizar um acompanhamento nutricional.

O DPOC manifesta-se principalmente após os 40 anos e o fator que ocasiona é o tabagismo. Mas a doença esta ligada com fumantes passivos, inalação de poeira, produtos químicos e fumaça de fogão a lenha , além de fatores genéticos.

Como o DPOC não tem cura o melhor ao paciente é manter a doença controlada, para isso, é importante controle médico, utilizar medicação indicada corretamente, apresentar boa nutrição e a reabilitação pulmonar.

Com todas essas medidas é possível o paciente ter qualidade de vida e prevenir as complicações que denominamos agudização da doença, onde o paciente apresenta piora dos sintomas, ocasionando assim internações hospitalares frequentes.

Diante de todo este quadro, a fisioterapia pulmonar se torna uma grande aliada aos pacientes com DPOC, pois atua na melhora ou minimização dos sinais e sintomas através da:

  • Prevenção da agudização e complicações da doença;
  • Melhora da força muscular;
  • Melhora da falta de ar;
  • Otimização da expectoração (eliminação de catarro);
  • Prevenção de internações frequentes;
  • Auxílio ao retorno do paciente para as atividades diárias.

Com alongamentos, exercícios para fortalecimento dos músculos, melhora do condicionamento físico e exercícios específicos respiratórios o paciente apresenta melhora importante, ajudando na melhora da auto-estima, convivência familiar e social.

Então não perca tempo, procure um profissional especializado nessa reabilitação e inicie imediatamente após o diagnóstico. Você só tem a se beneficiar!

Sou Anelise Dias de Paula, Fisioterapeuta especializada em Fisioterapia Respiratória, integrante da ComTato. Atuo nesta área há quase 6 anos.

Em nossa equipe multidisciplinar contamos com a Nutricionista Dra Daniele Magalhães que pode auxiliar nas questões alimentares sempre que necessário.

A ComTato conta com profissionais capacitados e experientes. Dúvidas sobre os cuidados fisioterapêuticos no DOPC? Agende uma avaliação, teremos prazer em auxiliá-lo(a)!

 


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *



ComTato - Fisioterapia em BH e Região.

Contato

Segunda - Sexta 07:00-20:00Sábado - 07:00-13:00(31) 3044-3099
(31) 99118-5320
(31) 99977-5492
contato@comtatobh.com.br
Belo Horizonte - MGAtendemos em BH e região metropolitana

Newsletter

ComTato. Todos os direitos reservados.