Serviços

Fisioterapia: Lesão Medular

Fisioterapia: Lesão Medular

A lesão medular acontece devido um trauma ou infecção na medula. O prognóstico é variável quanto à altura da lesão. A fisioterapia em casa é extremamente importante e interessante por permitir a visualização do fisioterapeuta das dificuldades encontradas pela paciente em sua própria casa. Além disso, a família e o paciente estarão mais confortáveis e evitarão os inconvenientes que deslocamentos podem causar. 

 

O que é uma lesão medular?

É uma lesão grave na medula, que pode levar à graves incapacidades sensitivas e motoras nos braços, tronco e pernas.

Sinais e sintomas

Redução ou ausência de sensação e movimento em determinadas partes do corpo. Pode apresentar também dificuldades na fala, deglutição, respiração e no sistema urinário e fecal.

Causas da lesão medular

Geralmente lesões traumáticas em acidentes de trânsito, esportes, quedas, acidentes de trabalho e ferimentos com arma de fogo ou outro tipo de violência. Mas podem ocorrer também lesões não traumáticas que afetam a medula como tumores, infecções, trombose, degeneração na coluna, mal formações, hérnias de disco, espondilolistese (deslocamento de um segmento da coluna), dentre outros.

Consequências

As conseqüências dependerão da altura da lesão. Quanto mais alta a lesão, mais grave a incapacidade. Por exemplo, lesões na altura do pescoço ou ombros podem levar a uma tetraplegia (perda do jogo e sensibilidade nos braços, tronco e pernas), além de afetar a respiração e até mesmo a fala e deglutição, lesões mais baixa levam à uma paraplegia ( perda do jogo e sensibilidade somente nas pernas ou parte do tronco). A lesão causa dependência, flacidez e perda de massa muscular na região afetada, incontinência urinária e fecal e problemas vasculares devido imobilidade. Além das conseqüências físicas, o fator psicológico é extremamente afetado e deve ser cuidadosamente tratado.

Como a fisioterapia pode ajudar no tratamento da lesão medular?

A fisioterapia terá que ser intensa e iniciar já no hospital estendendo até à casa e convívio deste paciente. O principal objetivo será ajudar o paciente e sua família a lidar com a nova condição física do mesmo e ensina-lo a usar estratégias que lhe devolvam sua maior independência em casa, no trabalho e lazer. Mobilidade, alongamento, força, equilíbrio e independência funcional serão os norteadores do tratamento. Prevenção de doenças respiratórias e problemas vasculares também tem que ser abordados durante o tratamento, bem como possíveis disfunções sexuais e urinárias.

A interação do paciente com o profissional e a comodidade do tratamento domiciliar ajudarão o mesmo a aceitar a doença e ter força de vontade para mudar esta situação. É importante a participação de toda família, amigos e uma equipe multiprofissional competente na reabilitação. O fisioterapeuta também deverá treinar a família e cuidadores quanto a organização ideal da casa do paciente, orientar se necessário o uso de órteses, dispositivos de marcha, móveis adaptados, vestuário adequado, dentre outras necessidades que possam surgir.

Número de sessões de fisioterapia:

Irá depender da intensidade do tratamento, da altura da lesão e adaptação do paciente aos seus desafios. Não há como determinar portanto o tempo do tratamento, mas visando a independência funcional, o mesmo receberá alta, quando as expectativas reais forem atingidas.

 


ComTato - Fisioterapia em BH e Região.

Contato

Segunda - Sexta 07:00-20:00Sábado - 07:00-13:00(31) 3044-3099
(31) 99118-5320
(31) 99977-5492
contato@comtatobh.com.br
Belo Horizonte - MGAtendemos em BH e região metropolitana

Newsletter

ComTato. Todos os direitos reservados.