Serviços

Fisioterapia: Torcicolo Muscular Congênito

Fisioterapia: Torcicolo Muscular Congênito

O torcicolo muscular congênito leva a redução da flexibilidade do pescoço impedindo a movimentação normal da cabeça da criança. Esta contratura do pescoço leva a dificuldades no desenvolvimento, podendo levar ao atraso do desenvolvimento motor normal adequado para a idade. Neste caso, é orientada a realização da fisioterapia precoce. Para o melhor conforto, comodidade e praticidade, a ComTato proporciona o atendimento em casa, assim as sessões poderão ser acompanhadas pelos pais, bem como toda evolução do tratamento, reduzindo o desgaste da criança e sua família. 

 

 

O que é o torcicolo muscular congênito?

O torcicolo congênito é definido como uma contratura unilateral (“rigidez” de um lado do pescoço) no músculo esternoclemastóideo, que geralmente manifesta no período neonatal ou lactentes. Nestas crianças, a cabeça fica inclinada para o lado do músculo afetado e rodada para o lado oposto.

Sinais e sintomas

A criança apresenta a cabeça inclinada para um lado e tem dificuldade de virar a cabeça para o lado oposto. Ela pode chorar ou impedir que se vire cabeça para um dos lados e o ombro do lado acometido está elevado. Um nódulo indolor (fibrose cicatricial) pode estar presente na porção média do músculo esternoclemastóideo, geralmente detectado entre 10 e 14 dias de vida e pode crescer durante duas a quatro semanas, até atingir o tamanho aproximado de uma amêndoa, quando então começa a regredir e pode desaparecer completamente até o oitavo mês de vida. Ao movimentar passivamente o pescoço, encontra-se resistência e limitação e se houver nódulo ele ficará mais evidente. Ainda quando não tratado precocemente, a criança pode apresentar assimetria da face e deformidade do crânio, devido posição continuamente viciosa. Além de distúrbios visuais (diplopia). Após estes achados o diagnóstico é feito clinicamente.

Causas

A causa ainda é desconhecida. Acreditam que pode ser causado pelo reduzido espaço intrauterino, posições intra-uterinas anormais e traumatismos de partos podem levar a uma fibrose do músculo, gerando um encurtamento.
O tratamento cirúrgico para alongamento do músculo esternocleidomatóideo é indicado quando não há sucesso com a fisioterapia e/ou quando a criança apresenta grande restrição da mobilidade e/ou quando já apresenta a assimetria facial. No entanto, a cirurgia não reverte deformidades já estabelecidas, mas impede a progressão da anormalidade. A recidiva é, de modo geral, rara.

Consequências

Restrição de movimento da cabeça e do ombro do lado afetado, dificuldade para enxergar devido ao mau posicionamento da face, atraso do desenvolvimento normal da criança para a idade.

Como a fisioterapia pode ajudar no tratamento do torcicolo muscular congênito?

O tratamento fisioterapêutico é satisfatório se realizado ainda no recém-nascido e se for bem orientado aos pais e cuidadores. A fisioterapia irá promover o alongamento e relaxamento da musculatura atingida e estimular movimentos para os lados restritos da cabeça da criança. Além de atuar no desenvolvimento motor adequado para a idade da criança através de estímulos para movimentação voluntariamente.

Número de sessões de fisioterapia domiciliar

Geralmente o tratamento é rápido e muito eficaz se iniciado logo após o nascimento do bebê ou pós cirurgia se esta for necessária.

 


ComTato - Fisioterapia em BH e Região.

Contato

Segunda - Sexta 07:00-20:00Sábado - 07:00-13:00(31) 3044-3099
(31) 99118-5320
(31) 99977-5492
contato@comtatobh.com.br
Belo Horizonte - MGAtendemos em BH e região metropolitana

Newsletter

ComTato. Todos os direitos reservados.