Serviços

Fisioterapia: Câncer Ginecológico

Fisioterapia: Câncer Ginecológico

O câncer ginecológico compreende os tumores de colo uterino, ovário, endométrio, vagina e vulva. Está entre as principais causas de morte entre as mulheres. A fisioterapia tem como objetivo fazer com que a paciente retorne às atividades do dia a dia o mais rápido possível em melhores condições, restabelecendo a recuperação físico-funcional. O atendimento pode ser realizado em consultório ou em seu domicílio. Ligue para ComTato e agende seu horário. 

 

 

 

Câncer ginecológico

O câncer ginecológico está entre os primeiros no Brasil e no mundo e é considerando as primeiras causas de morte entre as mulheres, sendo o de colo de útero o mais comum. Geralmente a cirurgia é o tratamento de escolha, podendo ser associado à radioterapia e a quimioterapia.

O que é o câncer?

Câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado (maligno), ou seja, que acarretam em um crescimento exagerado, que foge parcial ou totalmente ao controle do organismo. Estas células reduzem ou perdem a capacidade de se diferenciar, em consequências de mudanças nos genes que regulam o crescimento e a diferenciação celular, promovendo efeitos agressivos sobre o corpo. Estas células podem invadir tecidos e órgãos, podendo espalhar-se, chamada de metástase, para outras regiões do corpo. Neste caso, este crescimento desordenado ocorre inicialmente na região pélvica.

Quais são os tipos de cânceres ginecológicos?

Câncer de colo de útero, de ovário, endométrio, vagina e vulva.

Sinais e sintomas do câncer ginecológico

Câncer de colo de útero
• Assintomático
• Corrimento
• Sangramento espontâneo
• Sangramento durante a relação sexual (sinusorragia)
• Sintomas vesicais (bexiga) e renais

Câncer de ovário
• Assintomático
• Dor abdominal
• Aumento do volume do abdome
• Alterações ou desconforto dos hábitos intestinal ou urinário
• Irregularidade menstrual
• Sintomas pélvicos inespecíficos

Câncer de endométrio
• Sangramento uterino
• Dor abaixo do umbigo
• Irregularidade menstrual
• Distúrbio da função intestinal
• Falta de apetite (inapetência)
• Emagrecimento

Câncer de vagina
• Assintomático
• Sangramento não relacionado com a menstruação
• Corrimento
• Dor durante a relação sexual
• Dor na região pélvica
• Nódulo (caroço) na vagina

Câncer de vulva (parte externa do órgão genital feminino revestido por pêlos)
• Coceira intensa na vulva (prurido vulvar)
• Dor vulvar intensa
• Corrimento
• Sangramento
• Edema vulvar
• Feridas/lesões

Fatores de risco para o câncer ginecológico

Câncer de colo de útero: presença do Papiloma vírus (HPV), início da atividade sexual precoce (antes dos 16 anos), ter tido muitos partos, ter muitos parceiros sexuais, tabagismo (ativo ou passivo), infecções no colo de útero (ex: AIDS)
Câncer de ovário: 90% são de causa desconhecida, os outros fatores são: história familiar de câncer de ovário, fatores ambientais e hormonais, sendo o fator familiar o mais relevante para o aparecimento deste câncer
Câncer de endométrio: obesidade, hipertensão e diabetes
Câncer de vagina: exposição ao Papiloma vírus e a radiação prévia.
Câncer de vulva: distrofia vulvar crônica, diabetes e hipertensão em idade avançada, doenças sexualmente transmissíveis (DST), radioterapia vulvar e pélvica e discromia vulvar (perda da consistência e alteração da coloração da vulva para esbranquiçada)

Tratamento para o câncer ginecológico

O tratamento para os cânceres ginecológicos requer de procedimentos como cirurgia, radioterapia e quimioterapia, entre outros, e pode trazer como consequências complicações imediatas e/ou tardias para as pacientes. Tais complicações, muitas vezes reversíveis ou não, podem acarretar diminuição de movimento, alta probabilidade de aparecimento de linfedemas (acúmulo do fluido linfático no tecido intersticial, o que causa edema, mais frequente em braços e pernas, quando os vasos linfáticos estão prejudicados) e consequente dificuldades em realizar as atividades do dia-a-dia, entre outras. Complicações estas que podem influenciar no aspecto estético, emocional e sócio-econômico da paciente.

Complicações do pós-operatório do câncer ginecológico

As complicações no pós-operatório dos cânceres ginecológicos são: hemorragias intra-operatórias, infecção da incisão cirúrgica, dor, trombose venosa profunda (TVP), linfedema de membros inferiores, obstrução intestinal, disfunções urinárias e pélvicas (incontinência urinária, dor pélvica crônica, entre outras), estenose (estreitamento anormal) vaginal e uretral, dispareunia (dor durante a penetração), entre outras.

Como a fisioterapia pode ajudar?

A fisioterapia vai atuar no pós-operatório imediato objetivando o retorno as atividades do dia-a-dia o mais rápido possível através da reeducação da função respiratória, estimulação do sistema circulatório para diminuir o edema nos membros inferiores, restabelecer a função intestinal, reeducação dos músculos abdominais, promover redução da dor no local da cirurgia, além de orientações gerais em relação aos membros inferiores. Já no pós-operatório tardio a fisioterapia atua em cima das complicações apresentadas como dor, linfedema de membros inferiores, disfunções urinárias e pélvicas, estenose vaginal e uretral, dispareunia e etc. Para tanto, conta com os seguintes recursos: complexo descongestivo fisioterápico (drenagem linfática manual, enfaixamento compressivo, hidratação do membro, orientação de cuidados com a pele e meia compressiva), exercício, alongamento, relaxamento e terapia manual, massagem perineal, treinamento dos músculos do assoalho pélvico termoterapia e/ou crioterapia.

Número de sessões de fisioterapia

O número de sessões varia de acordo com cada paciente, mas geralmente, no pós-operatório imediato são necessárias 06 sessões de fisioterapia, no entanto se houver a presença de complicações como o linfedema, incontinência urinária, disfunção sexual, entre outras, o número será determinado de acordo com a resposta ao tratamento.  Ligue para ComTato e agende seu horário.

 


ComTato - Fisioterapia em BH e Região.

Contato

Segunda - Sexta 07:00-20:00Sábado - 07:00-13:00(31) 3044-3099
(31) 99118-5320
(31) 99977-5492
contato@comtatobh.com.br
Belo Horizonte - MGAtendemos em BH e região metropolitana

Newsletter

ComTato. Todos os direitos reservados.