Nutrição e Vulvodinia

A vulvodínia ou vestibulite vulvar é uma disfunção caracterizada por uma sensação de dor crônica em queimação na vulva, sem achados físicos objetivos que justifiquem os sintomas. Sua etiologia ainda é desconhecida, porém, vários estudos a apontam como multifatorial.
Entre os possíveis fatores envolvidos em sua origem, estão anormalidades de desenvolvimento embrionário, aumento da excreção urinária de oxalato, fatores genéticos e/ou imunológicos, fatores hormonais (associados ao uso de contraceptivos orais ou menopausa), infecção (HPV e Candida), inflamação, anormalidades no assoalho pélvico e neuropatias.
Vários são os tratamentos utilizados após o diagnóstico correto da vulvodínia, dentre eles, mudanças no perfil alimentar.
De acordo com dados científicos, a dor vulvar pode ter uma correlação com o oxalato de cálcio na urina, o qual pode ser muito irritante para a pele da vulva. Uma forma de minimizar e contornar esta situação é através de uma dieta com baixo teor de oxalato e da suplementação diária de citrato de cálcio. Desta forma, deve evitar-se a ingestão de alimentos ricos em oxalato como espinafre, chocolate, amendoim, beterraba, fibras do trigo entre outros alimentos, podendo este tipo de dieta demorar entre três a seis meses a produzir efeitos.
Concluindo, é necessário, uma abordagem multidisciplinar no manejo dessa queixa, frequentemente associada a ansiedade, depressão, irritabilidade e alterações nos relacionamentos pessoais e sexuais da paciente.
Assegurar uma boa nutrição e um estilo de vida saudável pode contribuir significativamente para uma boa condição de saúde feminina ao longo da sua vida.

A ComTato pode te ajudar, ligue e agende seu horário!


ComTato - Fisioterapia em BH e Região.

Contato

Segunda - Sexta 07:00-20:00Sábado - 07:00-13:00(31) 3044-3099
(31) 99118-5320
(31) 99977-5492
contato@comtatobh.com.br
Belo Horizonte - MGAtendemos em BH e região metropolitana

Newsletter

ComTato. Todos os direitos reservados.